Salamanca: uma cidade universitária que transborda cultura

Das cidades que estão perto de Madrid e que podem ser visitadas em um dia, Salamanca é a minha preferida. Já estive inúmeras vezes e cada vez que chego me impressiono com sua beleza, sua arquitetura, suas catedrais e sua vida, que é intensa pela quantidade de jovens que estudam ali.

Salamanca é uma cidade que pode ser visitada em um dia, para ver o básico. Para desfrutar da vida da cidade porém, um fim de semana é o ideal.

Centro histórico iluminado
Centro histórico iluminado

COMO CHEGAR

A maneira mais fácil de chegar é de carro. A viagem dura aproximadamente duas horas. O carro porém ficará parado durante toda a visita, já que a maioria das ruas do centro proíbem sua circulação. Nas entradas do centro tem vários estacionamentos onde você pode deixar o carro.

De transporte público há duas maneiras de chegar: em trem ou de ônibus. A viagem em trem dura 2:45hs e custa 24 Euros (por trajeto). O trem sai da estação de Chamartín em Madrid e você tem que descer na última parada em Salamanca (Salamanca-La Alamedilla), que é a mais próxima ao centro. Dessa estação ao centro de Salamanca são uns 15 min caminhando. O ruim desse trem é que ele é lento e vai parando. O bilhete pode ser comprado no site da Renfe.

De ônibus a viagem express dura 2:30hs e custa 23 Euros (por trajeto). O ônibus sai da Estación sur de Autobuses de Madrid, do lado de Atocha. Da estação de ônibus de Salamanca até o centro a caminhada é de aproximadamente 20 minutos. O bilhete pode ser comprado no site do Avanza Bus.

Casa de las Conchas e Iglesia de la Clerecía
Casa de las Conchas e Iglesia de la Clerecía

O IMPRESCINDÍVEL

Salamanca é uma cidade cheia de cultura e história, mas para uma viagem curta alguns lugares não podem ficar fora do roteiro.

1. Plaza Mayor 

Para mim á a Plaza Mayor mais bonita da Espanha, principalmente à noite quando está iluminada. De estilo barroco, ela foi construída entre 1729 e 1756 e hoje é centro da vida social da cidade. Não faltam bares e restaurantes na praça para tomar uma cerveja  e uma tapa.

Plaza Mayor
Plaza Mayor

2. Catedrais de Salamanca

Salamanca tem duas Catedrais: a Velha, que foi construída entre os séculos XII e XIV e tem estilo romântico e gótico, e a Nova, que foi construída entre os séculos XVI e XVIII e mistura os estilos gótico, renascentista e barroco.

Catedral Nova de Salamanca
Catedral Nova de Salamanca

Eu particularmente acho a Nova muito mais bonita, mas vale a pena visitar as duas e subir às torres medievais. Na Catedral Nova você tem o desafio de encontrar o astronauta, que está esculpido na Puerta de Ramos.

Astronauta na Puerta de Ramos
Astronauta na Puerta de Ramos

Não pense que isso foi obra de um extraterreste que baixou em Salamanca entre 1500 e 1700 quando a Catedral foi construída. Esse astronauta foi talhado em 1992, quando a Catedral foi restaurada por Miguel Romero, que por capricho deixou como assinatura pessoal uma marca do século XX. Nessa mesma porta você pode encontrar um dragão comendo um sorvete de três bolas, outra marca do restaurador.

Puerta de Ramos, onde está o astronauta
Puerta de Ramos, onde está o astronauta

3. Universidad de Salamanca

Outra visita clássica é a Universidad de Salamanca, mas não pelo seu interior, e sim pela sua fachada principal, no Edifício de las Escuelas Mayores, construído entre 1512 e 1533.

Fachada da Universidad
Fachada da Universidad

Você provavelmente vai encontrar uma pequena aglomeração olhando para a fachada e procurando uma rã, que assim como o astronauta está incrustado nos desenhos da fachada. A rã é minúscula e super difícil de encontrar, mas sempre tem alguém apontando para ela.

Diz a lenda que essa rã representa o médico que tratou o Príncipe Juan, que morreu aos 20 anos em 1417. Ao contrário do astronauta essa rã estaria talhada desde a construção original.

4. Casa de las Conchas e Iglesia de la Clerecía 

A Casa de las Conchas é um antigo palácio de estilo gótico famoso pela fachada com centenas de conchas incrustadas. Essa casa tem um pátio interior belíssimo que merece a visita.

Casa de las Conchas
Casa de las Conchas

Exatamente em frente está a Iglesia de la Clerecía, onde se pode subir às torres para apreciar as vistas da cidade.

5. Puente Romano

Em uma das saídas do centro histórico está a Puente Mayor del Tormes, conhecida como Ponte Romana, que cruza o rio Tormes. Essa ponte, que é declarada Monumento Histórico Artistico e Bem de Interesse Cultural, é bimilenária (não se conhece a data precisa de construção, mas se pensa que entre 27 a.C. e 14 d.C.) e já foi restaurada inúmeras vezes.

6. Cueva de Salamanca

Quem gosta de lendas não pode deixar de visitar a Cueva de Salamanca. Dizem que ali o diabo dava aulas de bruxaria.

7. Outros pontos de interesse

Para quem fica mais de um dia e quer explorar a cidade há outras locais que podem ser interessantes. Entre eles, o Museo Art Nouveau y Art Déco Casa Lis, o Palacio de la Salina, o Convento de San Esteban, o Convento de las Dueñas e o Huerto de Calisto y Melibea.

Salamanca
Salamanca

ALOJAMENTO

Todas as vezes que dormi em Salamanca fiquei em bons hotéis. Vizinho ao centro antigo recomendo dois hotéis: o NH Salamanca Palacio de Castellanos (3 minutos a pé da Catedral) e o Abba Fonseca Hotel (8 minutos a pé da Catedral).

Se você prefere ficar DENTRO do centro (leve em consideração que o carro não entra), recomendo o NH Puerta de la Catedral. Todos são bons hotéis, escolha pelo preço!

A última vez que fui, porém, fiquei em um hotel-fazenda-bodega-spa fora da cidade (15 km) e que entrarei em detalhes no próximo post. É uma experiência maravilhosa para quem curte o mundo dos vinhos, porque a estadia inclui uma cata de queijos, vinhos e azeite. Fora que a fazenda é linda e super legal para passar um fim de semana relaxante em casal ou em família. E o café da manhã é dos melhores que já comi em um hotel.

Hacienda Zorita
Hacienda Zorita

GASTRONOMIA

Esse post também será escrito a parte. Salamanca é uma cidade universitária e turística, então tem restaurantes para todos os bolsos e gostos, desde para quem não quer gastar mais de 5 euros como para quem busca um restaurante premiado com estrela Michelin.

Já tive oportunidade de conhecer alguns deles e creio que vale a pena provar um pouco de tudo, mesmo os bares mais universitários onde a cada bebida te servem uma tapa de acompanhamento do tamanho de uma refeição. Mas isso é história para um próximo post.

Patatas bravas do Tapas 2.0
Patatas bravas do Tapas 2.0

Aqui você encontra a lista completa de lugares a menos de duas horas de Madrid e que podem ser visitados em um dia.

Clicando sobre os nomes dos hotéis ou das empresas de ônibus/trem você acessa os sites oficiais diretamente.

2 thoughts on “Salamanca: uma cidade universitária que transborda cultura”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s