Lua de mel na África: Kenya e Seychelles

Há algumas semanas o blog Idéias na Mala publicou o roteiro da minha primeira lua de mel, no Kenya e Seychelles. Aproveitando o gancho e as informações que resgatei para a entrevista, decidi deixar registrado aqui também, já que foi uma das melhores viagens que fiz e recomendo a qualquer casal que busca uma lua de mel diferente.

Nossa primeira lua de mel foi depois do nosso casamento em Madrid, em setembro de 2012, que aliás achei uma época excelente para fazer um safári, já que não faz muito calor (à noite e de manhã cedo inclusive faz frio e tem que levar casaco!).

Safari no Kenya
Safari no Kenya

Kenya

Nós passamos oito dias no Kenya, sete deles fazendo safari e um dia em Nairobi. Toda a parte do Safari fizemos por uma agência chamada Offbeat Safaris, que planejou tudo exatamente como queríamos.

Safari em Massai Mara
Safari em Massai Mara

Os primeiros três dias estivemos em Sosian, uma propriedade privada do Offbeat que fica em Lakipia. Para chegar a Sosian pegamos um teco-teco em Nairobi, que voa baixinho até pousar no meio do nada.

Teco teco chegando em Sosian
Teco teco chegando em Sosian

A hospedagem no Sosian Offbeat é super de luxo, um lugar perfeito para passar uma lua de mel. O quarto que ficamos era tipo um bungalow e o banheiro era maior que a sala da minha casa.

Banheiro bungalow Sosian
Banheiro bungalow Sosian

Ainda tivemos a sorte de estar sozinhos em Sosian, então tínhamos toda a atenção dos nossos guias voltadas para nós. Passávamos o dia inteiro no safari, mas sempre com alguma surpresa, como por exemplo um almoço na beira do rio, assistindo os elefantes passarem do outro lado.

Almoço em Sosian
Almoço em Sosian
Almoço em Sosian
Almoço em Sosian

Outra experiência maravilhosa foi assistir ao nascer do sol numa pedra onde podíamos ver todo o parque.

Nascer do sol em Sosian
Nascer do sol em Sosian

Também tomamos um banho de cachoeira delicioso nesse parque. Esse dia tivemos que descer do carro e ir caminhando pelo mato até chegar à cachoeira. Ficamos um pouco tensos quando vimos nossos guias descerem do carro com espingardas ‘só por segurança’. Mas foi super tranquilo.

Cachoeira Sosian
Cachoeira Sosian

Outra experiência inesquecível foi o jantar que nos prepararam a céu aberto em volta a uma fogueira no meio do nada. E o melhor de tudo era chegar no quarto e encontrar a cama quentinha, aquecida por uma bolsa de água quente. 🙂

Jantar a céu aberto em Sosian
Jantar a céu aberto em Sosian

Depois de três dias incríveis em Sosian pegamos outro aviãozinho e fomos para Massai Mara, o parque mais famoso do Kenya. Esse parque impressiona desde a chegada, pois tem uma quantidade de animais incrível.

Massai Mara
Massai Mara

Nesse parque ficamos num acampamento tão luxuoso que nem parecia que estávamos acampados. Esses acampamentos estão tão bem preparados que nem água quente para o banho é um problema (apesar de terem um sistema curioso).

Área comum do acampamento
Área comum do acampamento

Assim como em Sosian, fizemos todos os dias de safári sozinhos, com nossos dois guias, que alias eram ótimos. Todas as pessoas que conhecemos na viagem eram encantadoras.

Guias em Massai Mara
Guias em Massai Mara

O ponto alto da viagem foi sem dúvida presenciar uma migração, depois de muitas horas de espera. É emocionante ver os primeiros gnus cruzarem o rio e os demais seguirem. Alguns obviamente perderam a batalha para os crocodilos, mas faz parte.

Migraçao
Migração

Todos os dias o pessoal do Offbeat nos organizava alguma surpresa. Uma noite nos prepararam um jantar especial a luz de velas em uma tenda separada já que era nossa lua de mel. Um outro dia tomamos café da manhã no meio do parque.

Café da manha em Massai Mara
Café da manha em Massai Mara

Outro momento inesquecível foi ver o pôr do sol tomando um vinho ao lado dos leões.

Por do sol com vinho
Por do sol com vinho

Grande parte desses momentos se deve à organização do Offbeat. Tivemos muita sorte de fechar tudo com eles no último momento, já que víamos muitas vezes carros com pessoas penduradas por todos os lados, enquanto nós estávamos super tranquilos.

Leoes em Massai Mara
Leoes em Massai Mara

No início e no final da viagem passamos por Nairobi, já que os vôos não encaixavam perfeitamente. Honestamente não gostei nada da cidade, mas pelo menos comemos bem.

Um dia almoçamos em um restaurante chamado Tamarind, no centro, pertinho do nosso hotel. O peixe sweet and sour estava delicioso.

Tamarind
Tamarind

Visitamos o Nairobi Education Centre, uma espécie de orfanato para animais que já não podem viver na selva. Lá pudemos alimentar as girafas e chegar bem perto dos leões enjaulados. Mas a verdade é que dá muita pena dos animais, principalmente depois de estar uma semana de safári e vê-los livres.

Girafa em Nairobi
Girafa em Nairobi

Na última noite jantamos em um restaurante maravilhoso chamado Talisman, com umas samosas incríveis. Esse restaurante está bem longe do centro e a corrida de taxi não é barata.

Seychelles

Depois de uma semana de safári fomos para Seychelles com objetivo de relaxar um pouco na praia. Para falar verdade a última coisa que fizemos foi descansar, já que só íamos ao hotel para dormir.

Praslin
Praslin

Ficamos três dias em Mahé, a maior ilha, onde está o aeroporto. Como a ilha é grande é imprescindível alugar carro (cuidado que é mão inglesa e as estradas não são maravilhosas).

Mahé
Mahé

Ficamos em um hotel simples e arrumadinho em Anse Boileau, longe do centro da ilha, já que queríamos ficar perto das praias mais bonitas.

Mahé
Mahé

Algumas praias de Mahé são super lindas. As que mais gostamos foram a Petite Anse e Anse Intendance, mais para o sul da ilha. De qualquer maneira há praias muito bonitas e com um carro dá para ir em várias.

Mahé
Mahé

Comemos super bem nessa ilha, mas tenho que destacar o restaurante Chez Plume, que ficava pertinho do nosso hotel. Esse foi um dos poucos restaurantes que repeti numa viagem. E as duas vezes comi o mesmo prato (sozinha!): Crab with ginger sauce. Aliás em Seychelles tem tantos caranguejos gigantes que atropelamos (por acidente, óbvio!) um que estava atravessando a estrada.

De lá pegamos um barco e seguimos para Praslin, onde ficamos quatro dias. Nos hospedamos em um hotel em Anse Bois de Rose, que tinha um por do sol incrível no deckPara recorrer a ilha, um carro também é imprescindível e recomendo já sair do porto com ele. 

Por do sol
Por do sol

As praias que mais gostamos foram Anse Lazio (a mais bonitas de todas, sem a menor dúvida) e Anse Georgette, que é uma praia menor e para chegar lá tem que caminhar um pouco.

Anse Lazio
Anse Lazio

A vida marinha em Praslin é incrível e nas próprias praias vimos uns tubarões bem grandes. Não esqueça de andar com seu equipamento de snorkeling debaixo do braço!  Anse Lazio é famosa por alguns ataques de tubarões, por isso é bom ter cuidado.

Anse Lazio
Anse Lazio (sem filho!)

Um dia fizemos um mergulho, que contratamos na praia Anse Volbert (que também é legalzinha e cheia de restaurantes e bares). A visibilidade não estava muito boa, mas na volta, já na beira da praia, vimos um filhote de tubarão martelo lindo.

Anse Lazio
Anse Lazio

Um dia visitamos a Reserva Valee de Mai para conhecer o coco de mer. Essa visita só vale a pena se for guiada, senão você fica meio perdido.

Reserva Valee de Mai
Reserva Valee de Mai

Comemos super bem em Praslin. Os restaurantes que mais gostamos foram o Café dês Arts, em Anse Volbert, e o Bonbon Plume, em Anse Boudin.

De Praslin pegamos um barco e fomos passar o dia em La Digue, uma ilha menorzinho com um climinha bem rasta. A melhor maneira de visitar essa ilha é alugar uma bicicleta no porto. Em dia dá para conhecer tudo.

La Digue
Anse Source D’Argent – La Digue

Uma das melhores praias para fazer snorkeling é a Anse Source D’Argent, que está dentro do mesmo parque onde estão as tartarugas gigantes.

Tartarugas de La Digue
Tartarugas de La Digue

Mas a praia mais bonita na minha opinião é a Anse Coco. Para chegar até lá tem que fazer uma trilha a pé e passar antes por Grand Anse e Petite Anse, que também são lindas.

La Digue
La Digue

Essa praia não tem quase ninguém, porque a maioria das pessoas param nas duas primeiras praias, mas também não tem uma sombra, então não esqueça proteção e água.

La Digue
La Digue

Seychelles é uma ilha super exclusiva e dá a sensação que todo mundo que está ali está de lua de mel. Os preços não são baratos, por isso é um tipo de viagem que só dá para fazer em uma ocasião especial. Agora, se você vai por conta própria dá para economizar um pouco nos hotéis, já que num lugar de praias maravilhosas dá para ficar num hotel simples.

La Digue
La Digue

O mesmo vale para um bom safári no Kenya: para meros mortais, só ocasiões especiais. Com certeza existem safáris e safáris. Se você vai de lua de mel e quer luxo prepare o bolso porque não é uma viagem barata. Mas se puder, pague porque é uma experiência inesquecível.


Hotel Nairobi: Laico Regency Hotel

Safáris Kenya: Offbeat Safaris

Hotel Mahé: Bay View Villa

Hotel Praslin: Coco de Mer

2 thoughts on “Lua de mel na África: Kenya e Seychelles”

  1. Olá, estava querendo saber um pouco mais dessa viagem, pretendo fazer tambem na minha lua de mel.
    Porque vocês preferiram ir para o Safari no Kenia, chegaram a olhar algum na Africa do Sul?
    Qual foi o valor mais ou menos gasto?
    Obrigada

    Like

    1. Oi Raquel, na verdade nós nao pesquisamos nada antes da viagem. Foi um sorte que no dia que viajamos meu ex cunhado me comentou que um amigo organizava safaris no Kenya e entramos em contato quando já estávamos lá em Nairobi. E saiu tudo perfeito. Acho que gastamos uns 1.000-1.500 euros por noite de safari, mas esquema luxo! Nós nem cogitamos na época África do Sul, porque nos haviam recomendado o Kenya, mas um safari por lá está dentro dos meus planos! Acho que qualquer desses lugares é super válido; acho que o diferencial é contratar com uma agencia boa (vai pagar caro, isso sim). Nós víamos uns carros apinhados de gente num calor terrível enquanto eu e meu marido estávamos sós com os dois guias, montávamos o roteiro diário como queríamos e pudemos curtir uma semana super romântica…

      Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s