Lugares e restaurantes especiais em Madrid, segundo blogueiros brasileiros e portugueses

O grupo Blogueiros de Língua Portuguesa em Madrid (BLPM) surgiu no início de 2015 e é formado por blogueiros brasileiros e portugueses que moram na cidade a através dos seus blogs compartilham informações sobre a Espanha em geral, com foco sempre em Madrid.

Atualmente o grupo é formado por 10 bloggers que escrevem sobre diferentes temas a tem um site próprio, que aproveito para deixar o link aqui. O site é novo, mas a idéia é que em breve você possa encontrar informação sobre qualquer aspecto da cidade num único lugar.

BLPMAproveitando que estamos lançando o site, pedi que alguns dos colaboradores escrevessem um pequeno texto contando (1) um lugar especial para levar (e impressionar) um amigo que vem de fora e (2) um restaurante/bar/café legal por menos de 35 Euros.

Aqui vão as dicas de alguns dos colaboradores:

1. Manaira Araújo, do blog Manaira Araújo:

Sempre que um amigo passa por aqui, apresento a Madrid dos filmes de Almodóvar, visitando locais onde foram gravadas cenas dos filmes do diretor espanhol.

Museo Chicote é uma das locações e merece uma visita. Além de uma cena importante do filme “Abraços Partidos” de Almodóvar ter sido filmada aí, o Gin Tonic é maravilhoso! O coquetel é servido em diversas combinações, vem acompanhado de uma tapa e o preço varia de 6 a 10€. Inaugurado em 1931, Museo Chicote é super badalado e para comer, melhor reservar.

  • Museo Chicote: Gran Vía, 12.
Gin tonic Chicote
Gin tonic Museo Chicote (foto Manaira Araújo)

2. Andrea Lima, do blog Descubra Madrid:

O Parque do Retiro é um lugar que sempre costumo levar meus amigos. Em qualquer época do ano, seja verão ou inverno, ele tem seus encantos. Com flores, ou sem é sempre agradável uma caminhada pelo parque. No verão costumo, ao final da tarde ir para um passeio de barquinho ou de bicicleta. É um passeio recomendado para todas as idades, com criança sobretudo, pois há uma diversidade imensa de parques. Tendo em conta que crianças não se divertem fazendo turismo, e sim gastando energia. Então fica aqui minha dica para os pais que viajam acompanhados dos seus filhos. Levá-los para passar um final de tarde no parque do retiro.  Vai por mim, experiência própria. Eles irão dormir como um anjinho.

A Taberna El Buo é um lugar muito habitual que costumo levar meus amigos. É uma vinoteca que está por Chueca.  O bar tem um  público bem eclético, as tapas são ótimas. A oferta de vinho é de qualidade. E o prato que costumo levar o pessoal para provar é a Tortilla de queso de cabra e cebola caramelizada . É a melhor que já provei em Madrid.  Além disso,  relação qualidade preço é uma das melhores que tenho provado. Bom vinho, boa comida, e quantidade generosa, e um ótimo atendimento, são os motivos que me leva a visitá-los.

  • Taberna El Buo: Calle Gravina, 10.
Parque do Retiro(foto Andrea Lima)
Parque do Retiro(foto Andrea Lima)

3. Suzana Paquete, do blog That Good Trip:

Se tenho algum amigo passeando por Madrid e estamos passeando pela Gran Via, eu o levo até a Plaza Cibeles, mostro as pessoas lá em cima na terraza do Palacio das Comunicações e subimos ali pra ver a vista. É um lugar que pouca gente sabe que dá pra entrar. O edifício impressiona por fora, por dentro e do alto. É preciso pagar 4,50 euros pra ir à Terraza Cibeles, que são revertidos em consumação. A melhor hora é a do pôr do sol.

Perto dali dá pra ir caminhando à Calle Huertas, onde está meu restaurante preferido: Taberna Maceiras. É um restaurante galego super despretensioso, com bancos e cardápio de madeira. Pedimos porções para compartir entre todos, ao melhor estilo espanhol. Minhas preferidas são o Pulpo a gallega, Pimientos de padrón e as Croquetas de queijo de tetilla e de bacalhau. Pra beber, um vinho Ribeiro branco, que é servido em cumbucas de cerâmica. Se der sorte, eles farão a queimada, que é uma bebida com aguardente e grãos de café, que pega fogo e espanta as bruxas.

  • Terraza Cibeles: Plaza de Cibeles, 1, 6º andar.
  • Taberna MaceirasCalle de las Huertas, 66. Na Calle Jesus, 6, também em Las Letras, está a Taberna Maceira, o local mais antigo do grupo, e atualmente menos concorrido.
Pôr do sol Cibeles (foto Suzana Paquete)
Pôr do sol Cibeles (foto Suzana Paquete)

4. Susana Almeida, do blog Desbravando Madrid:

Apesar de ser um pouco cliché, gosto sempre de levar os meus amigos ao Templo de Debod. As vistas são fantásticas, há sempre gente interessante pela zona e o entorno do templo em si é bastante bonito e ideal para uma tarde de cervejas e conversa fiada! Há algum tempo atrás descobri também o Tetris gigante do MediaLabPrado, e se quiser um plano mais divertido levo-os lá.

Para comer por menos de 35€ as minhas eleições são claríssimas! Taberna Maceiras em Huertas e o bar Entre Cáceres y Badajoz, em Manuel Becerra. Este último é o meu favorito na cidade de Madrid: cañas por 2,40€ e que sempre vêm acompanhadas de uma tapa gigaaaaante e de muito boa qualidade (ao contrário do tão famoso El Tigre). Ambiente típico espanhol, com poucos turistas e empregados muito simpáticos. É necessário chegar bem cedo para conseguir mesa! 

  • Templo de Debod: Calle Ferraz, 1.
  • Media-Lab Prado: Calle Alamaeda, 15.
  • Taberna Maceiras: Huertas, 66.  
  • Entre Cáceres y Badajoz: Calle de Don Ramón de la Cruz, 109
Taberna Maceiras
Taberna Maceiras (foto site restaurante)

5. Juliana B. de Menezes, do blog Rumo a Madrid:

Sempre que tenho oportunidade levo os amigos brasileiros ao restaurante El Rocío nem que seja para tomar um cafezinho. A decoração do lugar remete a Andaluzia, região sul da Espanha, com predomínio para o verde e branco – cores da bandeira desta comunidade autônoma. Além disso, há lindos azulejos evocando as principais cidades andaluzas como Sevilha, Granada, Cádiz e Córdoba. No cardápio, o melhor da culinária do sul da Espanha como o salmorejo cordobês ou cazón malagueño. No entanto, há outros pratos da geografia espanhola com destaque para as diversas maneiras de se preparar arroz. Se vocês estiver passeando pelo bairro de Salamanca vale a pena entrar e conhecer.

Depois de ir ao restaurante El Rocío, um bom programa é subir pela calle Ortega y Gasset, em direção à Fundação Juan March. O espaço é um centro cultural que abre as portas para exposições, conferências, concertos e cinema. Inaugurado em 1959, a Fundação Juan March foi a pioneira em promover exposições de arte contemporânea em Madrid e no jardim podemos contemplar obras do escultor espanhol Eusebio Sempere. Vale a pena se deter na lojinha que vende reproduções de quadros de vários artistas – incluída a brasileira Tarsila do Amaral – e tomar um café no subsolo na cafeteria que conserva o estilo dos anos 60.

  • El Rocío: Calle Don Ramón de la Cruz, 28.
  • Fundación Juan March: Calle Castelló, 77.
Restaurante El Rocío (foto site restaurante)
Restaurante El Rocío (foto site restaurante)

6. Larissa Andrade, do blog Esto es Madrid, Madrid:

Sempre tento levar os amigos ao Matadero, que é um dos lugares mais legais de Madrid, especialmente no verão, quando o ambiente é incrível. Além da oferta cultural ampla e acessível, é um lugar que manteve sua arquitetura original e isso chama muito a atenção das pessoas. Além disso, tanto a cafeteria como o bar são bem agradáveis. Um passeio ótimo para pessoas de qualquer idade.

Quando os brasileiros vêm pra cá, eles querem provar as tapas e os pintxos e o Txirimiri de La Latina é uma das melhores opções nesse quesito, porque as tapas são deliciosas e baratas, o ambiente é informal e você pode ir qualquer hora do dia, já que abre das 12 às 24h. Eles também oferecem pratos, que são deliciosos!

  • Matadero: Plaza de Legazpi, 8
  • Txirimiri: Calle del Humilladero, 6
Matadero (foto Esto es Madrid, Madrid)
Matadero (foto Esto es Madrid, Madrid)

7. Sandra Brocksom, do blog Sandra B em Madrid:

Para cada um amigo ou familiar que vem a Madrid eu tento levar a algum lugar que tenha a ver com suas preferências. Quando minha mãe veio com amigas que são formiguinhas, os churros com chocolate foram a pedida a vez. Fomos à Chocolatería San Ginés e à Chocolateria Valor que está entre a Puerta do Sol e a Plaza de Callao.

Com certeza, um dos lugares que tem o efeito UAU nos meus amigos é a Casa de Granada, em Tirso de Molina. Está no sexto andar de um edifício sem qualquer indicação que ali há um pequeno bar e centro de divulgação da cidade de Granada, Andaluzia. Algumas vezes temos que tocar a campainha para subir, outras vezes a porta já está aberta. O elevador é um tanto velho e apertado mas compensa pelas vistas da cidade. Os olhos alcançam toda baixada de Lavapíes que se perde no horizonte. Como a terraza é pequena, conseguir uma boa mesa pode ser difícil. Na hora do por do sol pode ser quase impossível mas garanto que vale a pena!

Se a Casa de Granada é um bom lugar para o aperitivo ou happy hour, o restaurante La otra casa eu gosto para o jantar. Não só pela proximidade mas, sim, pelo um toque de modernidade aos pratos tradicionais da cozinha espanhola. As vezes que fui o menu era diferente e igualmente bom. Imprescindível reserva já que o restaurante é pequeno.

  • Chocolatería San Ginés: Pasadizo San Ginés, 5
  • Chocolatería Valor: Calle Postigo de San Martin 7
  • Casa de Granada: Calle del Doctor Cortezo, 17, 5o e 6o andares
  • La otra casa: Calle Olivar, 6
Churros con chocolate (foto site San Ginés)
Churros con chocolate (foto site San Ginés)

8. Eu, Paula Amaro, do blog BiteMeMad:

Para mim turismo e gastronomia andam juntos e quando quero levar algum amigo de ‘turismo’ sempre será um turismo gastronômico. Quando viajo gosto muito de visitar os mercados locais, então quando vem algum amigo gosto de levá-los a algum dos vários mercados madrileños. O Mercado de San Antón é sempre uma ótima visita, porque além da variedade de tapas e pintxos, a terraza é ótima para tomar um café ou uma copa, mesmo no inverno.

Escolher UM restaurante preferido em Madrid é quase impossível para mim, ainda mais que por menos de 35 Euros há um quantidade enorme. Os primeiros que me vêm à mente são o TriCiclo, no bairro Las Letras, o Nakeima, que é uma verdadeira experiência gastro e La Gabinoteca, com suas tapas renovadas e ótimo ambiente. Aqui você pode encontrar outros restaurantes top por essa faixa de preço em Madrid.

  • Mercado de San Antón: Calle de Augusto Figueroa, 24.
  • TriCiclo: Calle Santa María, 28.
  • Nakeima: Meléndez Valdés, 54.
  • La Gabinoteca: Calle Fernández de la Hoz, 53.
Gambas, shisho y mango do TriCiclo
Gambas, shisho y mango do TriCiclo (foto BiteMeMad)

One thought on “Lugares e restaurantes especiais em Madrid, segundo blogueiros brasileiros e portugueses”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s