Viajando pelo Japão: Tsukiji, Ginza e Akihabara – Tokyo

A segundo bairro de Tokyo que nos hospedamos antes de voltar para a Espanha foi Minato, uma zona mais empresarial, e por isso cheia de hotéis ocidentais. Ficamos entre os distritos de Shinbashi e Hamamatsucho, uma excelente localização para visitar o mercado de peixe mais famoso do mundo e super bem comunicada com o aeroporto de Haneda, de onde saía nosso voo.

O mercado de Tsukiji é dividido em duas partes: interior e exterior. O mercado interior é onde ocorrem os leilões de peixe (onde o maguru é a estrela). Para visitar não é simples, porque a entrada de turistas é limitada. Para conseguir assistir ao leilão você tem que estar esperando antes das 5hs da manhã, quando o mercado abre (mesmo assim  como a entrada é limitada aos turistas, não é garantido que você conseguirá entrar). Além disso existem regras que devem ser respeitadas durante o leilão e que são explicadas antes da entrada.

É óbvio que não fui ao leilão. Depois de quase 10 dias de viagem, quando finalmente conseguíamos dormir ate às 8hs da manhã, não ia acordar às 4hs outra vez.

Vizinho ao mercado interior está o mercado exterior, lotado de restaurantes, utensílios de cozinha, peixes e mariscos vendidos a varejo e claro, turistas.

Mercado exterior
Mercado exterior
Mercado exterior
Mercado exterior
Mercado exterior
Mercado exterior

O melhor do mercado é a quantidade de restaurantes vendendo produtos frescos, principalmente sushi. E o curioso é que às 9hs da manhã esses restaurantes estão lotados e tem fila de espera considerável.

Mercado exterior
Mercado exterior
Mercado exterior
Mercado exterior
Mercado exterior
Mercado exterior

Ali nós provamos um salmão e um atum deliciosos. Tão bons que no dia seguinte repetimos o café da manhã com sushi.

Restaurante no mercado
Restaurante no mercado
Salmao
Salmão
Atum
Atum

A poucos metros do mercado, ainda dentro do bairro de Chuo, está Ginza, um distrito famoso por suas influências ocidentais e pela quantidade de lojas e restaurantes.

Ginza no sábado
Ginza no sábado

É um dos lugares onde vão as pessoas quando querem uma tarde agradável de compras. Sua principal rua (pelo menos no sábado quando fomos), onde estão todas as maiores marcas internacionais, tinha o trânsito bloqueado, o que tornou nosso passeio muito mais agradável.

Ginza
Ginza
Ginza
Ginza

O Japão em geral não é um lugar barato para fazer compras, mas tivemos sorte de algumas lojas estarem em liquidação. Além disso, o tax free (quando há) é dado na hora por meio de desconto. Não tem essa história de ter que ir no aeroporto com as notas e pedir. Por isso, lembre sempre de levar o passaporte.

Ginza
Ginza
Ginza
Ginza

Os restaurantes que tentamos ir nessa zona também não são fáceis de encontrar. Muitos ficam dentro de centros comerciais e o nome está em japonês. O único restaurante (dos que levamos de recomendação) que encontramos depois de procurar muito estava lotado. Se vai com alguma referência de restaurante fique atento e se puder reserve.

Ginza
Ginza

Para terminar a seção Tokyo, não poderia deixar de escrever sobre Akihabara, um dos distritos de Chiyoda e o principal centro comercial de produtos eletrônicos, gadgets, computadores e acessórios e videogames. Quem gosta de tecnologia fica louco ali.

Akihabara
Akihabara

Para chegar basta pegar a linha circular Yamanote do JR. Perto da estação de trem há uma infinidade de turistas buscando produtos em lojas como Laox ou outras marcas conhecidas. Muitas das lojas de Akihabara tem tax free, por isso se sua intenção é comprar eletrônicos não esqueça o passaporte. Ao contrário de outras zonas de Tokyo, aqui muitos vendedores falam inglês.

Akihabara
Akihabara

Akihabara é também famosa pelo entretenimento audiovisual. Há muitas lojas especializadas em videogames e manga (o comic japonês). Nós visitamos uma loja de videogames retrô chamada Super Potato, que tem um andar (5º) onde dá para jogar todos os jogos antigos, que são os mais legais.

Super Potato
Super Potato
Super Potato
Super Potato

Por último, não faltam lojas de maquininhas para pegar bichos de pelúcia e lojas especializadas em brinquedos e personagens japoneses.

Akihabara
Akihabara
Akihabara
Akihabara
Akihabara
Akihabara

Hotel

Mitsui Garden Hotel Shiodome Italia-gai

105-0021 Tokyo Prefecture, Minato-ku, Higashishinbashi 2-14-24, Japan

Tsukiji Market

Para chegar: Tsukijishijo Station (Oedo Line). É uma linha que nao é nem JR nem metrô. Do nosso hotel era uma parada desde Shiodome Station.

Para comer: Sushi Dai (dá para achar no Google Maps só colocando o nome). www.tsukiji-sushidai.com/

Ginza

Para chegar: do Mercado de peixe dá para ir caminhando. De metrô descer na parada Ginza (linhas Ginza, Hibiya ou Marunouchi)

Para comer:

Tempura Kondo (てんぷら 近藤). Esse restaurante de tempura está dentro de um centro comercial chamado Sakaguchi Bdg, no 9º andar. Para achar coloque no Google Maps o endereço ou o nome em japonês. É um centro comercial vertical, então não tem nome na entrada, só um elevador. Em frente ao elevador você vê o nome do restaurante (em japonês). Se recomenda reservar.

5-5-13 Ginza | Sakaguchi Bdg 9F, Chuo, Tokyo Prefecture 104-0061, Japan. Tel.: +81 3-5568-0923

Shima (西洋料理 島). Esse restaurante de carne Wagyu é mais fácil de encontrar mas precisa reservar (falam ingles básico). pelo google maps basta colocar o nome Shima que ele aparece.

103-0027 Tokyo, Chuo, Nihonbashi, 3 Chome−3−5−12. Tel.: +81 3-3271-7889.

Akihabara

Para chegar: linha circular Yamanote do JR. Akihabara Station.

Super Potato: http://www.superpotato.com/

5F, 4F, 3F, Kitabayasi Bldg., 1-11-2, Sotokanda, Chiyoda-ku, Tokyo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s