Visitando Palermo: as principais igrejas, o famoso Mercato Ballarò e o melhor pesto da cidade

Como ficamos vários dias em Palermo, vou separar os posts por zona, agrupando as atrações e restaurantes que poderiam ser visitados em um mesmo dia.

Uma das praças mais bonitas da cidade estava pertinho do apartamento que alugamos (ver aqui), e sempre que passávamos acabávamos parando e tirando umas fotos. A Piazza Pretoria é também conhecida como Piazza della Vergogna (Praça da Vergonha), dizem alguns por representar a corrupção do governo e dizem outros que pela nudez das estátuas da Fonte Pretoria. Na praça claro não podia faltar uma das mais de 150 igrejas de Palermo: a Chiesa di Santa Caterina.

Piazza Pretoria
Piazza Pretoria

Vizinho à Piazza Pretoria está a Piazza Bellini, onde está La Martorana (a igreja que eu achei mais bonita de todas que visitamos), a Chiesa di San Cataldo e a Chiesa di Santa Caterina, que fica entre as duas praças. As visitas às igrejas são pagas, mas nenhuma entrada supera 3€.

La Matorana e San Cataldo
Piazza Bellini: La Matorana e San Cataldo

A Chiesa della Martorana, que na verdade se chama Santa Maria dell’Ammiraglio se caracteriza pelos múltiplos estilos, mas o que mais me chamou atenção foram os mosaicos e o interior bizantino.

La Martorana
La Martorana
La Martorana
La Martorana
La Martorana
La Martorana

A três minutos da Piazza Bellini está o Mercato Ballarò, que se estende da Piazza Casa Professa até o Corso Tukory. Esse é o mercado mais antigo da cidade e é famoso pela venda dos primeiros produtos trazidos da região rural de Palermo.

Mercato Ballarò
Mercato Ballarò

Está sempre lotado de locais e turistas e ali é bom ficar de olho na bolsa, carteira, máquina e qualquer coisa que esteja dando mole. Os próprios vendedores falam para tomar cuidado.

Mercato Ballarò
Mercato Ballarò

É um ótimo lugar para comprar produtos locais frescos, como queijo, pistache, verduras, frutas e temperos. O pistache que vendem ali é considerado dos melhores da Itália e muitos lugares embalam a vácuo para viajar.

Mercato Ballarò
Mercato Ballarò

Voltando para a Vittorio Emanuele (5-10min) encontramos a Catedral de Palermo, de estilo árabe-normando, talvez a principal atração da cidade.

Catedral de Palermo
Catedral de Palermo

O interior da Catedral, apesar das dimensões, não tem nada muito especial, principalmente quando comparamos com La Martorana. Para quem gosta de relíquias sacras, o Tesouro pode ser uma visita interessante. A entrada (3€) dá direito também à cripta e às tumbas normandas.

Catedral de Palermo
Catedral de Palermo

Para comer pela zona recomendo o Ristorantino Da Spanò. É um restaurante pequenininho, mas com varanda para os dias de bom tempo, que está numa pracinha super escondida a 5-10 min da Catedral.

Para começar nós pedimos umas Anchovas que estavam super frescas.

Anchovas
Anchovas

Um dos pratos principais foi o Spaghetti Spanò, com peixe e mariscos. Delicioso.

Spaghetti Spanò
Spaghetti Spanò

O outro prato foi um Spaghetti al pesto fresco e gamberone. O melhor pesto da viagem! Maravilhoso!!!

Spaghetti al pesto fresco e gamberoni
Spaghetti al pesto fresco e gamberone

De sobremesa, um Sorvete artesanal preparado na própria casa, de morango e creme.

Sorvete de creme e morango
Sorvete de creme e morango

Esse foi um dos restaurantes que comemos melhor em Palermo porque todos os pratos estavam excelentes. É um pouco escondido e a zona parece um pouco estranha, mas não desista que a visita vale muito a pena!


Ristorantino Da Spanò

Via Scalini, 6 – Palermo

Média de Preço por Pessoa: 25€

http://www.ristorantinospano.com/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s