Praia em Cefalù e o melhor panettone do mundo em Castelbuono

De Palermo dá para viajar para várias cidades e voltar no mesmo dia, evitando levar toda a bagagem de um lado para o outro. A uma hora dali está uma das praias mais frequentadas da ilha. Cefalù, localizada dentro da província de Palermo, no norte de ilha, de cara para o Mar Tirreno passou de vila de pescadores a vilarejo de moda, ficando só atrás de Taormina no quesito notoriedade. No verão fica lotada.

Se a ideia é só conhecer a cidade um dia é suficiente. A Catedral árabe-normanda é o edifício mais importante da cidade. Ela está na sombra da Rocca, uma pedra enorme com formato de cabeça que dá nome à cidade.

Catedral de Cefalù
Catedral de Cefalù

Como fomos no inverno não deu para curtir praia mas deu para ter uma idéia. A cor do mar é sensacional e imagino que seja uma cidade muito gostosa para passar um dia de calor (dizem que no verão chega a 50 graus – um exagero claro – e que o melhor é ir em primavera ou outono).

Cefalù
Centro Cefalù

A cidade está preparada para o turismo. A rua principal do centro é a Corso Ruggero, cheia de lojas de todos os tipos. Passear pelo centro antigo é uma delícia, está cheio de gente e mesmo no inverno tem aquele clima de cidade de praia.

Lojas
Loja de produtos típicos

Não faltam restaurantes e bares, mas quase todos são restaurantes turísticos. Nenhum restaurante na cidade é recomendado pela guia italiana Gambero Rosso, o que eu achei uma injustiça, porque o que fomos (depois de pesquisar um pouco) foi um dos melhores da viagem.

O Tivitti está na entrada do centro antigo, do lado da via Ruggero. É um restaurante de família, pequenininho, super simpático e a comida excepcional. O restaurante não tem cardápio fixo, varia de acordo com o que tem fresco no mercado de manhã, o que eu adoro porque garante sempre produtos de qualidade.

Ristorante Tivitti
Ristorante Tivitti

O curioso é que assim que você se senta eles te colocam uma lousa gigante em cima da mesa com os pratos do dia.

Cardápio
Cardápio

De entrada nós pedimos a Tagliatella di seppia e Carciofi croccanti (Tagliatella de lula e alcachofras crocantes). Um prato com toque árabe delicioso.

Tagliatella di seppia e Carciofi croccanti
Tagliatella di seppia e Carciofi croccanti

Os dois pratos principais foram de pasta (na Itália eu SEMPRE peço pasta. SEMPRE. No almoço e no jantar. Quando tem alguma coisa diferente foi Gonzalo que pediu). O primeiro foi o Spaghettoni alla chitarra con carciofi e gambero rosso (Spaghetti com alcachofra e camarão). Esse foi um dos pratos preferidos de Gonzalo na viagem.

Spaghettoni alla chitarra com carciofi e gambero rosso
Spaghettoni alla chitarra con carciofi e gambero rosso

O segundo foi para mim um dos melhores pratos da viagem: Bavette scampi e gamberoni (Bavette camarão e lagostim).

Bavette scampi e gamberoni
Bavette scampi e gamberoni

De sobremesa, como já comentei antes, o melhor Cannolo siciliano que provamos na viagem. Na verdade o único que gostei. Espetacular.

Cannolo siciliano
Cannolo siciliano

Perto de Cefalù tem uma outra cidade que obrigatoriamente tem que estar num roteiro pela Sicília e que não precisa mais de 2-3 horas de visita: Castelbuono.

Castelbuono
Castelbuono

O monumento principal da cidade é o Castello dei Ventimiglia, que hoje é uma sala de exposições. Eu até prefiro porque normalmente os castelos por dentro são todos muito parecidos e bem chatos.

Castello dei Ventimiglia
Castello dei Ventimiglia
Castello
Castello dei Ventimiglia – Pedrinho pelo mundo

A cidade é super bonitinha,  e no inverno ainda tem um charme especial, porque está rodeada de montanhas com neve.

Castelbuono
Castelbuono

Mas o nosso principal interesse em Castelbuono era o melhor panettone do mundo: Fiasconaro. Deixo aqui bem claro que eu odeio panettone de qualquer tipo por causa daquele gosto meio azedo. Se for de frutas  então passo longe. Mas esse aqui é diferente. É ESPETACULAR. E os cremes (chocolate, pistache, café, etc) que vendem na loja também são deliciosos.

Panettone Fiasconaro
Panettone Fiasconaro

Compramos um panettone de pistache (que já vem com seu creme, mas compramos um outro extra) e um de chocolate, que vai muito bem com o creme de pistache. Garanto que só pelo panettone vale a visita a Castelbuono.

Panettone Fiasconaro
Panettone Fiasconaro

Esse panettone é tão bom que mesmo no frio as pessoas se aglomeram na praça em volta da tradicional degustação que oferece o bar Fiasconaro.

Degustaçao de panettone
Degustaçao de panettone
Degustaçao de panettone na praça principal
Degustaçao de panettone na praça principal

Uma curiosidade é que esse panettone é muito famoso por ter sido enviado ao espaço a pedido de um astronauta italiano. Uma vez na Sicília nao deixe de passar por ali e comprar o máximo de panettones possíveis. Me arrependi de ter comprado só dois, porque voaram…


Ristorante Tivitti

Via Umberto I, 34 – Cefalù

Média de Preço por Pessoa: 30-35 €

http://www.ristorantetivitti.com

Fiasconaro

 Piazza Margherita (praça principal) – Castelbuono

http://www.fiasconaro.com/

One thought on “Praia em Cefalù e o melhor panettone do mundo em Castelbuono”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s