Valencia: maratona, paella e tapas

Esse fim de semana estivemos em Valencia para que meu marido corresse a maratona (que aliás, correu muito bem!) e entre que tínhamos pouco tempo e que já conhecíamos a cidade, saltamos toda a parte turística e nos concentramos basicamente em comer e ir ao evento (ele correndo, eu assistindo).

Paella em Valencia

Um dia antes da maratona queríamos comer um arroz, mas não qualquer arroz. Já que estávamos em Valencia queríamos um bom arroz, o melhor se possível. O problema é que as melhores paellas estão fora do centro da cidade, nos pueblos de Cullera ou La Albufera, o berço da paella. Dentro da cidade, no entanto há um lugar considerado exceção à regra: Casa Roberto.

Como é considerado um dos poucos lugares muito bons dentro da cidade, é bem recomendável reservar. Uma coisa curiosa é que quando você liga para reservar você já tem que fazer o pedido do arroz. Segundo eles porque o arroz para ficar bem feito demora muito, então eles já começam a preparar com antecedência. E depois que provei o arroz entendi melhor o motivo…

Cada tipo de paella tem que ser no mínimo para duas pessoas. Mas uma paella para três pessoas, por exemplo, dá para quatro, dependendo do que se peça de entrada.

Nós pedimos um Arroz a banda, que é um prato típico da comunidade valenciana e que quase todas as mesas estavam comendo. Em muitos lugares o arroz é servido separado do peixe, mas aqui o arroz vem com rape (um tipo de peixe) e gambas (camarões).

Arroz a banda
Arroz a banda

O outro arroz que pedimos foi uma paella vegetariana, só com verduras e que surpreendeu, porque estava super saborosa. Acho inclusive que teve mais êxito que o arroz a banda… Os dois estavam maravilhosos e ainda saí com pena de não ter provado a paella de mariscos.

Paella de verduras
Paella de verduras

A típica paella valenciana  (que eu não gosto) tem como ingredientes principais frango e coelho. Na Casa Roberto eles ainda incluem caracóis. Aviso por se algum desavisado pede uma paella valenciana achando que vai chegar uma paella de mariscos.

Na última viagem a Valencia estivemos na praia de El Saler, comendo uma paella no Restaurantes La Dehesa de José Luis. Um lugar super agradável onde se come muito bem, e em frente ao mar (um ponto a favor!). É um lugar que vale a pena ir se você tem um pouco mais de tempo.

Em Cullera a paella mais famosa é a da Casa Salvador, o restaurante de arroz preferido de muitos chefs famosos. Eu não tive ainda oportunidade de conhecer, mas deixo aqui como opção por se alguém se anima a ir.

Tapas valencianas

Depois da maratona, antes de voltar a Madrid, fomos comer na Bodega Casa Montaña, uma bodega centenária localizada junto ao porto. Um lugar de tapas tradicionais, onde se come muito bem e dá para provar várias coisas diferentes.

Bodega Casa Montaña
Bodega Casa Montaña

Para começar, pedimos as Patatas Bravas, um clássico espanhol, mas que aqui além da salsa brava, colocam também ali oli.

Patatas bravas
Patatas bravas

Continuamos com um Atum marinado com temperos, que estava delicioso.

Atún marinado con especias
Atún marinado con especias

Provamos também as Anchoas (anchovas) e as Croquetas de bacalhau. Difícil dizer o que estava melhor.

Anchoas
Anchoas
Croquetas de bacalao
Croquetas de bacalao

Seguimos com uns Boquerones fritos e terminamos com umas Sardinhas super frescas.

Boquerones fritos
Boquerones fritos
Sardinas fritas
Sardinas fritas

De sobremesa pedimos o Canutillo de queso idiazabal y membrillo e uma Tarta de 3 chocolates. A tarta estava boa, mas o canutillo espetacular.

Canutillo de idiazabal y membrillo
Canutillo de idiazabal y membrillo
Tarta 3 chocolates
Tarta 3 chocolates

É um lugar totalmente fora do circuito turístico, frequentado por locais, mas que vale a pena o desvio (de 5 minutos de carro..). Ainda mais que Valencia é uma cidade pequena e dentro da cidade nada é muito longe.

Bodega Casa Montaña
Bodega Casa Montaña

Para tapear dentro do centro histórico um clássico é o Central Bar, de Ricard Camarena. É um bar que está dentro do Mercado Central de Valencia e que quem está de turismo deveria obrigatoriamente passar. A única coisa para ter em conta é que não tem mesas, só uma barra com bancos altos e está no meio do mercado, ou seja, tem muito movimento.


Casa Roberto

Maestro Gozalbo, 19 – Valencia

Reservas: +34 963 951 528 – +34 963 951 361

http://www.casaroberto.es/

Média de Preço por Pessoa: 35 euros

La Dehesa de José Luis

Playa de El Saler, Paseo Francisco Lozano, módulo 1 – Valencia

Reservas: +34 961 83 01 07

www.dehesajoseluis.com

Casa Salvador

Avenida L’Estany, 1 – Cullera – Valencia

+34 961 72 01 36

http://www.casasalvador.com

Bodega Casa Montaña

Carrer de Josep Benlliure, 69 – Valencia

Reservas: +34 963 67 23 14

www.emilianobodega.com

Média de Preço por Pessoa: 25 euros

Central Bar

Plaza del Mercado (Mercado Central de Valencia) – Valencia

Não reserva

www.centralbar.es

One thought on “Valencia: maratona, paella e tapas”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s