Primeiro dia em Madrid: Puerta del Sol, Plaza Mayor, Palacio Real e Templo de Debod

Os próximos posts serão parte de um roteiro de três ou quatro dias em Madrid, combinando os principais pontos turísticos com restaurantes legais e outras informações úteis para quem visita a cidade.

Roteiro primeiro dia:

  • Puerta del Sol
  • Plaza Mayor
  • Mercado de San Miguel
  • Catedral de la Almudena
  • Palacio Real e Jardins de Sabatini
  • Plaza de España
  • Templo de Debod

No final desse post você pode encontrar os mapas de Madrid com os principais pontos turísticos e o restaurantes recomendados.

O melhor para começar uma viagem por Madrid é ir direto à Puerta del Sol (de metrô, parada Sol), onde está o Quilómetro Zero, que indica o início das estradas na Espanha. Para encontrar a placa é só buscar um monte de gente tirando foto do chão. Nessa praça está a Estatua del Oso y del Madroño, um dos símbolos de Madrid, além de outros edifícios históricos e uma quantidade enorme de lojas para quem quiser começar a gastar.

Se o hotel não tinha café da manhã, ótimo, que depois de passar rapidamente pela praça, vamos à Chocolatería San Ginés para provar o típico café da manhã espanhol: churros com chocolate. Essa chocolatería, fundada em 1984, é a mais famosa de Madrid e uma parada quase obrigatória para quem vem de turismo. Recomendo provar tantos os churros como as porras (os churros mais gordos e esponjosos) com chocolate.

Porras con chocolate
Porras con chocolate

Com a bateria bem carregada, seguimos em direção à Plaza Mayor , a praça mais importante da capital, que está rodeada de edifícios por todos os lados, com entradas através de nove pórticos. No centro, a estátua de Felipe III. Aqui melhor não cair na tentação de sentar nos bares e cafés.

Saindo da praça vamos ao Mercado de San Miguel, que já comentei no post ‘Os mercados de Madrid’. É um lugar super legal para degustar a culinária espanhola e tomar uns vinhos ou cañas. Ali se encontra um pouco de tudo. O único problema é que normalmente está cheio, e nos fins de semana lotado. Se der, melhor evitar ir sábado e domingo.

Seguimos o roteiro pela Calle Mayor em direção à Catedral de la Almudena. Essa é a igreja principal de Arquidiocese de Madrid, onde o Arcebispo preside as principais celebrações do
Ano Litúrgico.

Se já for hora de comer, bem pertinho da catedral está o Charlie Champagne, que já comentei aqui. Um restaurante com comida deliciosa que vai muito bem acompanhada com champagne. Aqui você pode comer bem e aproveitar para descansar um pouco as pernas. Só cuidado com os horários porque só abre para almoço de quinta a domingo das 13:30hs às 16:30hs.

Charlie Champagne
Charlie Champagne

Seguimos para o Palácio Real, que fecha às 18hs de Outubro a Março e às 20hs de Abril a Setembro. As entradas podem ser compradas no site (10 €), mas normalmente não há problema em comprar na hora. Saindo do palácio, vale a pena uma caminhada pelos Jardins de Sabatini e pela Plaza del Oriente.

Se por algum motivo agora for hora de comer perto daqui tem dois restaurantes que gosto muito:

1) Santo, que já comentei aqui. É um restaurante de cozinha mediterrânea com um toque de cozinha brasileira dado pela chef Juliana. Aqui se pode tomar uma caipirinha e comer picanha e também encontrar pratos mais espanhóis.

Santo Restaurante & Deli
Santo Restaurante & Deli

2) Sandó, que também já comentei aqui. Um ótimo restaurante, mais elegante e que além da carta oferece um menu degustação a 49 €. Conta também com uma barra para degustar seus deliciosos pintxos. Vale a pena a visita às Cuevas para tomar um cocktail.

Sandó
Sandó

Para terminar a caminhada do dia, passamos pela Plaza de España, com sua fonte dedicada a Cervantes e vamos para o Templo de Debod, um dos poucos testemunhos arquitetônicos egípcios completos que podem ser contemplados fora do Egito. O templo foi doado a Espanha pelo Estado egípcio, e uma vez transferido, pedra por pedra, foi exposto a um complicado trabalho de reconstrução e restauração. É lindo e vale muito e pena ir.

Depois de um dia de tanta caminhada não sei se sobrará energia para sair para jantar. Eu iria ao hotel descansar um pouco e reservaria um lugar legal em algum bairro menos turístico como Chamberí, Retiro ou Salamanca para não perder o que essa cidade tem de melhor. Aqui se janta tarde, a partir das 21:30hs. E o que não falta aqui nos arquivos é recomendação de bons restaurantes, com todas as faixas de preço.


Chocolatería San Ginés

Pasadizo San Ginés, 5 – Madrid

www.chocolateriasangines.com

Charlie Champagne

Calle Segovia, 17 – Madrid

www.charliechampagne.es/

Palacio Real

Compra de entradas e horários: www.palacionacional.es

Santo Restaurante

Calle de Caños del Peral, 9 – Madrid

http://www.santoresto.com

Sandó

Calle Isabel la Católica, 2-4 – Madrid

www.restaurantesando.es

Templo de Debod

Horários:

1 Out – 31 Mar: Ter a Sex 9:45hs às 13:45hs e 16:15hs às 18:15hs, Sáb e Dom: 9:30hs às 20hs

1 Abr – 30 Set: Ter a Sex 10hs às 14hs e 18hs às 20hs, Sáb e Dom: 9:30hs às 20hs

Mapas

Mapa Centro Madrid com Restaurantes

Mapa Metrô Madrid

Mapa completo Madrid

2 thoughts on “Primeiro dia em Madrid: Puerta del Sol, Plaza Mayor, Palacio Real e Templo de Debod”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s