Pastéis de Belém: visita imprescindível em Lisboa

A maioria das pessoas que vão Lisboa acham que a visita imprescindível na cidade é o Castelo de São Jorge, ou qualquer outro monumento histórico. Para mim, no entanto, a prioridade é visitar Belém. E não por causa da Torre ou do Mosteiro dos Jerónimos, que sim são lindos e sim impressionam qualquer pessoa. Mas para mim o melhor atrativo são os Pastéis de Belém.

Torre de Belém
Torre de Belém

Dizem que a origem dos pastéis está bem ao lado, no Mosteiro, onde começaram a ser elaborados pelas freiras há muitos anos. Quando o mosteiro fechou em 1834, o padeiro encarregado  ficou sem trabalho e vendeu a receita para um empresário local, que abriu em 1837 uma pequena loja, que segue funcionando até hoje.

Pastéis de Belém
Pastéis de Belém

O êxito dos pastéis está no creme, uma receita guardada a sete chave e que só conhecem três cozinheiros, que a passam de geração a geração. O creme é misturado na Oficina do Segredo, onde só esses três cozinheiros podem entrar. Depois de repousar na Oficina, o creme vai direto rechear os moldes cobertos de massa folhada, que entram num forno a 300 graus por alguns minutos. Depois de pronto, basta jogar uma canela por cima e desfrutar.

Pastéis de Belém com canela
Pastéis de Belém com canela

Todo esse sucesso é nítido na porta, onde há uma fila constante para comprar alguns dos 20.000 pastéis vendidos diariamente (50.000 em ocasiões especiais). Mas vale a pena entrar na loja e dar uma volta pelos vários salões, que têm uma decoração bem tradicional e vários objetos que contam um pouco da sua história.

Um dos vários salões interiores
Um dos vários salões interiores

Além dos pastéis, no cardápio há outros doces e salgados tradicionais da cozinha portuguesa, como por exemplo os bolinhos de bacalhau, empadas, coxinhas de galinha, pastéis salgados, etc.

Salgados típicos
Salgados típicos

Para atender todos os gostos, opções não tao tradicionais como pizzas e quiches também são encontradas no balcão.

Opções não tão tradicionais
Opções não tão tradicionais

Os bolinhos de bacalhau nem de longe são comparáveis aos pastéis, mas são uma ótima opção para começar o lanche da tarde.

Bolinhos de bacalhau
Bolinhos de bacalhau

E já que estamos ali, melhor levar uns para casa. Afinal quem sabe quando voltarei… Eu não economizei no pedido e levei 4 caixas de 6 unidades. E voaram.

Pastéis para levar
Pastéis para levar

Depois da visita mais importante de Lisboa, é hora de começar o turismo, começando pelo Mosteiro dos Jerónimos, que está a escassos metros dos melhores pastéis do mundo.

Mosteiro dos Jerónimos
Mosteiro dos Jerónimos

Pastéis de Belém

Rua Belém, 84-92 – Lisboa – Portugal

www.pasteisdebelem.pt

One thought on “Pastéis de Belém: visita imprescindível em Lisboa”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s