Os mercados de Madrid: verdadeiros espaços gastronômicos para todos os gostos

Uma das melhores maneiras para degustar tanto um pouco da cozinha local como da cozinha internacional é ir em um dos mercados de Madrid, que são verdadeiros espaços gastronômicos e oferecem diversas opções de tapeo para todos os gostos. Já que nesse último mês abriu um novo mercado em Malasaña, aproveito para escrever também dos já mais que consolidados Mercado de San Miguel e Mercado de San Antón.

Mercado de San Miguel
Mercado de San Miguel

Mercado de San Miguel

Localizado bem no centro de Madrid (ao lado da Plaza Mayor) o mercado de San Miguel, cuja construção foi concluída em 1916, é o único mercado de ferro que resistiu ao tempo. Há uns anos atrás foi remodelado com objetivo de oferecer produtos frescos de qualidade em um local onde também se possa desfrutar da gastronomia espanhola. Em Madrid, foi um pioneiro em unir o mercado tradicional com um espaço gastronômico.

É passagem obrigatória para quem vai ao centro de turismo. O único inconveniente é que normalmente está lotado de turistas e conseguir uma das poucas mesinhas, dependendo do dia é bem complicado. Por isso sempre recomendo evitar ir nos fins de semana.

Ali se encontra um pouco de tudo: tortilla de batatas, croquetas, sushi, hambúrguer, pasta fresca, embutidos, queijos, doces, e claro, vinhos de todos os tipos. O legal é estar por ali um tempo provando um pouco de tudo tranquilamente.

Tortilla de Patatas
Tortilla de Patatas

Outro ponto importante é a flexibilidade de horário que em geral os restaurantes de Madrid não têm, às vezes muito chato para quem vem de turismo e não quer estar pendente de hora para comer. No mercado as ‘cozinhas’ não fecham e o horário é non-stop a partir das 10hs da manhã até a meia-noite durante a semana e até as 2hs de quinta a sábado.

Mercado de San Antón

Localizado em Chueca, bem perto do metrô, esse mercado sempre será um dos meus preferidos em Madrid. Primeiro, porque em geral está mais vazio que o Mercado de San Miguel, que está literalmente no centro de Madrid. Segundo, porque a parte de mercado tradicional está em um andar separado da parte de tapeo, o que dá acesso mais fácil aos diferentes postos. E em terceiro porque tem uma terraza super agradável, para tomar um café ou uma copa no final da tarde.

No primeiro andar, onde está o mercado tradicional, destaco a Charcuteria Octavio, com vários queijos maravilhosos para levar e o Gastrobar ‘La Alacena de Víctor Montes’, com variedades de pintxos e croquetas.

No segundo andar está o espaço gastronômico. Entre todos os postos, o Puturrú de Foie é o meu preferido, que oferece basicamente pintxos derivados de pato. Recomendo o Foie Fresco Extra a la plancha con flor de sal de Añana, as croquetas de foie ou jamón de pato, o mini hambuerguer de jamón de pato e o risotto de hongos y foie. Tudo está em formato degustação, assim que dividindo com uma pessoa dá para provar tudo e um pouco mais dos outros postos.

No último andar, onde está a terraza, há também um restaurante com uma proposta ‘você escolhe o produto no mercado e eles cozinham para você’. É uma ótima opção para quem quer desfrutar do mercado mas prefere sentar em uma mesa e comer tranquilamente.

Restaurante-Terraza 'La Cocina de San Antón'
Restaurante-Terraza ‘La Cocina de San Antón’

Mercado de San Ildefonso

Há menos de um mês Malasaña também ganhou seu mercado gastronômico. Bem menor que os outros dois, o Mercado de San Ildefonso é super bonito e moderno e assim como o San Antón está dividido por andares.

A diferença é que esse mercado não tem o mercado tradicional com postos de frutas, verduras, etc. e foca mais no espaço gastronômico para tapeo. No térreo se encontram alguns poucos postos e quem entra por ali não tem a sensação de estar entrando num mercado e sim num bar.

Entrada do Mercado de San Ildefonso
Entrada do Mercado de San Ildefonso

No primeiro andar estão vários postos de picoteo, incluindo um do My Veg, que parece dos melhores. O mercado usa o conceito dos dois anteriores e melhora o espaço, incluindo mais mesas e deixando o ambiente mais confortável para um tarde tranquila de tapeo. Além disso, nos dias de calor o sistema de refrigeração com vapor é uma maravilha, ideal para uma parada num dia de passeio pela zona. O bar tem um desenho super bonito e moderno que se destaca no meio dos outros postos.

Mercado de San Ildefonso
Mercado de San Ildefonso

O primeiro andar conta também com uma terraza super bonita para aqueles dias que o tempo colabore. E no último andar não podia faltar um espaço reservado para copas e cocktails, que não tive oportunidade de conhecerm, mas que com certeza será um êxito.

Terraza do Mercado de San Ildefonso
Terraza do Mercado de San Ildefonso

Mercado de San Miguel

Plaza de San Miguel, s/n – Centro – Madrid

Horário: Dom-Qua 10:00hs às 0:00hs e Qui-Sáb 10:00hs às 2:00hs

Mercado de San Antón

Calle Augusto Figueroa, 24 – Chueca – Madrid

Reserva Restaurante-Terraza “La Cocina de San Antón”: +34 91 330 02 94

Horários:

1º andar. Mercado Tradicional: Seg-Sáb 10:00hs às 22:00hs e Dom 10:00hs às 15:00hs. Gastrobar ‘La Alacena de Víctor Montes’: Dom-Seg 10:00hs às 0:30hs.

2º andar. Espaço Gastronômico: Dom-Seg 11:00ha às 0:00hs.

3º andar. Restaurante-Terraza: Dom-Qui 10:00hs às 0:00hs e Sex-Sáb 10:00hs às 1:30hs.

Mercado de San Ildefonso

Fuencarral, 57 – Malasaña – Madrid

3 thoughts on “Os mercados de Madrid: verdadeiros espaços gastronômicos para todos os gostos”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s